Tire 5 dúvidas sobre CDN

Tire 5 dúvidas sobre CDN

Uma Rede de Distribuição de Conteúdo (CDN) torna seu site mais rápido e estável. Assim, sua presença on-line fica garantida a qualquer hora, não importa de onde o usuário esteja acessando a URL. Para deixar essas vantagens ainda mais claras, confira abaixo as respostas às dúvidas mais frequentes sobre CDN.

Uma Rede de Distribuição de Conteúdo (CDN) torna seu site mais rápido e estável. Assim, sua presença on-line fica garantida a qualquer hora, não importa de onde o usuário esteja acessando a URL. Para deixar essas vantagens ainda mais claras, confira abaixo as respostas às dúvidas mais frequentes sobre CDN.

  1. Como uma CDN funciona?

A CDN é uma rede de servidores espalhados por diversos pontos geográficos. Esses locais armazenam cópias do conteúdo do site, como páginas HTML, scripts e arquivos multimídia. Assim, quando uma pessoa acessa a URL, ela não precisa se conectar ao servidor de origem. Os dados trafegam ao ponto de presença mais próximo, diminuindo o tempo de espera até a página carregar.

  1. CDN é o mesmo que hospedagem de site?

Não exatamente. Você continua precisando de um servidor de origem, isto é, um local onde o código principal do site estará armazenado. Contudo, a CDN guarda boa parte desse conteúdo em cache, o que favorece a performance geral.

Muitos websites têm baixo desempenho porque o servidor não consegue atender a demanda de acessos simultâneos. Ao delegar essa função a uma rede distribuída, você mantém as páginas no ar o tempo todo.

  1. Quais são os benefícios proporcionados pela CDN?

Existem muitas vantagens em utilizar esse tipo de estrutura. Dentre elas, destacamos:

Menos latência: o site carrega rapidamente, o que reduz o tempo de espera do usuário.

Estabilidade: como o tráfego é distribuído entre diversos pontos de presença, nenhum servidor fica sobrecarregado. Dessa forma, a página se mantém on-line mesmo durante picos de acesso.

Alcance: não importa a distância geográfica. O visitante pode estar no Brasil, nos Estados Unidos ou na Austrália e o site continuará funcionando normalmente para ele. Isso permite expandir mercado, especialmente se você tem um e-commerce.

Segurança: uma rede de distribuição de conteúdo filtra ataques do tipo DDoS, capazes de derrubar servidores.

Redução de custos: você contrata a CDN conforme a demanda. Ou seja, não precisa investir em servidores próprios nem manter uma estrutura robusta de TI.

  1. Quem usa CDN?

Praticamente todas os grandes serviços virtuais operam com CDN. Essa é a opção de lojas on-line, plataformas de ensino a distância, agências de governo e companhias de entretenimento. Esses negócios atraem um público variado, que pode estar em qualquer região do mundo, então é necessário garantir um acesso rápido, estável e seguro à audiência.

  1. Então CDN é apenas para empresas internacionais?

Não mesmo. A CDN melhora o alcance dos sites que pretendam atingir territórios estrangeiros, mas não é apenas para isso que a rede serve.

O tráfego doméstico pode carregar uma quantidade imensa de dados, o que dificulta o trabalho dos servidores locais. Nesse caso, a CDN alivia a pressão, melhorando o tempo de resposta e evitando instabilidades durante picos de acesso. Portanto, investir nesse tipo de infraestrutura é um passo estratégico para conquistar presença on-line, ainda que seu público-alvo esteja localizado numa região geográfica mais restrita.

Esperamos que o artigo de hoje tenha sido útil para você. Tem outras dúvidas sobre CDN? Então não deixe de acompanhar as novidades de nosso blog.

Comentário(s)