Saiba o que é uma CDN e por que usá-la em seu site

Seu site no ar 24 horas por dia, sete dias por semana. Essa é uma necessidade de qualquer empresa que queira ter visibilidade na web. Porém, à medida que o número de visitantes cresce, a capacidade de acesso pode chegar ao limite. É por isso que você deve saber o que é uma CDN e por que ela é importante para seu negócio.

O que é uma CDN e como ela funciona

CDN é a sigla para Content Delivery Network, ou Rede de Distribuição de Conteúdo. Esse sistema utiliza diversos servidores espalhados pelo globo, sendo que todos eles armazenam cópias do website.

Inicialmente, a solução era usada para distribuir conteúdo multimídia, como imagens, áudio e vídeo. O servidor de origem armazenava a parte lógica da programação, enquanto os arquivos mais pesados ficavam a cargo da CDN. Hoje, no entanto, o recurso evoluiu para conter cópias inteiras do código fonte, tornando a distribuição de dados muito mais ágil.

Para entender melhor o funcionamento dessa tecnologia, imagine a forma tradicional de pôr um site no ar. O endereço eletrônico fica hospedado em algum servidor, digamos, nos Estados Unidos. Quando um usuário brasileiro digita a URL, o tráfego precisa ir até a América do Norte e voltar para que a homepage se torne visível.

Esse processo torna mais lento o acesso ao conteúdo. Sem contar que, se houver muitos usuários simultâneos, a página pode ficar instável e até sair do ar em algumas regiões.

O que a CDN faz é criar cópias do website em pontos estratégicos  da infraestrutura da internet e baseia-se na localização geográfica do usuário para identificar o servidor mais próximo  para entregar seu conteúdo. Assim, o tempo de resposta diminui, pois o período de latência (transferência de dados) diminui.

Vantagens da CDN para seu negócio

Agora que você já entendeu o que é CDN e como essa tecnologia funciona, vamos listar algumas vantagens dessa tecnologia para seu website. Acompanhe:

1. Disponibilidade

Os servidores da CDN são distribuídos de forma global, o que mantém qualquer serviço on-line disponível o tempo todo. E a rede precisa suportar demandas cada vez mais complexas. Imagine um e-commerce durante a Black Friday ou uma plataforma de streaming aos fins de semana. A CDN os mantém ativos mesmo nos horários de pico.

2. Segurança

A Rede de Distribuição de Conteúdo também pode lidar com ataques de Distributed Denial of Service (DDoS). Ela absorve e neutraliza as ameaças no momento em que ocorrem. Além disso, as cópias do conteúdo permitem que uma página fique no ar mesmo que um servidor fique indisponível. Nesse caso o tráfego é redirecionado para outro servidor da CDN.

Brechas de segurança eventualmente existentes no seu servidor também se tornam muito mais difíceis de serem explorados porque quem fica exposto para a internet é a CDN e não seu servidor.

3. Velocidade

Como já explicamos, a CDN distribui o carregamento de páginas entre vários pontos. Isso não só poupa banda, como também reduz custos de hospedagem. Afinal, você não precisa manter um servidor gigante para garantir a rapidez do tráfego.

4. Preço

A otimização dos recursos leva a uma infraestrutura interna mais enxuta. Você pode sentir a economia logo nos primeiros meses de uso de uma Rede de Distribuição de Conteúdo.

Quer saber mais sobre CDN e conhecer outras vantagens desse tipo de sistema? Então continue acompanhando as novidades do nosso blog.

Comentário(s)