LGPD: Entenda como uma CDN ajuda na adaptação à lei

LGPD: Entenda como uma CDN ajuda na adaptação à lei

O ano de 2020 marca uma importante mudança para quem mantém negócios na web. Em agosto, entra em vigor a LGPD, legislação que trata da proteção de dados pessoais. Até lá, todas as empresas devem estar adaptadas às novas regras. Veja como uma estrutura de CDN contribui nesse aspecto.

LGPD e a segurança das informações on-line

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) é o novo marco regulatório para o tratamento de informações pessoais dos brasileiros na internet. O objetivo é proteger a privacidade e a liberdade dos cidadãos.

O texto estabelece normas mais claras para a coleta, o armazenamento e a utilização de dados pessoais. A ideia é que, ao se cadastrar num serviço on-line, a pessoa saiba exatamente por que essas informações estão sendo solicitadas e de que maneira elas serão usadas posteriormente.

Todos os detalhes sobre a LGPD estão disponíveis no site do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro). Se você ainda não se inteirou sobre o assunto, vale a pena dar uma conferida.

Conhecer a legislação é muito importante. Isso porque, para adequar-se às novas exigências, as companhias terão que garantir mais segurança em seus sistemas.

Uma eventual invasão de hackers, por exemplo, pode ocasionar o vazamento de informações sensíveis, como os números do CPF e do cartão de crédito dos consumidores. Imagine se esse conteúdo chegar até criminosos. Eles poderão usar os dados de terceiros para cometer fraudes.

Além de manchar a reputação de sua marca, um incidente desse tipo pode causar prejuízo financeiro. Segundo a LGPD, a multa por cada infração pode chegar a R$ 50 milhões.

Como a CDN prepara você para a LGPD

Bem, mas o que uma CDN tem a ver com LGPD? Bastante coisa.

A Rede de Distribuição de Conteúdo é uma estrutura que serve para “desafogar” o servidor de origem do website. Esse sistema cria cópias dos arquivos e as espalha por diversos pontos de presença ao redor do globo. O resultado é mais velocidade e estabilidade para seu endereço on-line. (Entenda melhor o funcionamento da CDN.)

Junto a isso, está um reforço na segurança dos bancos de dados. Soluções como a CDN Verizon atuam, de maneira preventiva e proativa, para evitar ciberameaças. Esse ecossistema robusto consegue identificar ataques DDoS, bem como tentativas de invasão aos servidores. Assim, é possível agir imediatamente, impedindo que as informações dos usuários caiam em mãos erradas.

A vantagem de contratar uma CDN reconhecida mundialmente é que você não precisa investir tanto em TI. Uma estrutura própria seria bastante onerosa – e toda a responsabilidade quanto à segurança de dados recairia sobre a sua empresa.

Por outro lado, com o auxílio da tecnologia Verizon, seu site ganha a proteção do monitoramento 24/7. Qualquer ocorrência é mitigada antes que se torne um problema sério. E você não paga nada a mais por isso.

Quer conhecer os benefícios a fundo? Então veja nosso post com 5 formas de utilizar CDN no ambiente corporativo. E não deixe de conferir as atualizações de nosso blog. Em breve, traremos novidades. Até lá!

Comentário(s)