5 dicas para otimizar o alcance orgânico do site

Uma das formas de ganhar visibilidade na web é com alcance orgânico. A pessoa procura algo no Google, encontra um link interessante e chega até o site. E existem meios de aparecer entre os primeiros resultados da pesquisa, o que eleva consideravelmente o tráfego. Sim, estamos falando de otimização para mecanismos de busca, ou SEO.

As estratégias para melhorar o alcance orgânico já são velhas conhecidas, mas mudam à medida que os algoritmos são atualizados. A cada ano, surgem novos manuais que ensinam técnicas para quem quer se destacar da concorrência. O fato é que, hoje em dia, já não basta ter um blog recheado de palavras-chave aleatórias.

Como melhorar o SEO e gerar mais tráfego para o site

Abaixo, listamos alguns fatores determinantes para o seu ranqueamento no Google e em outros sites de busca. Confira o que realmente importa, quando se trata de dar destaque a um site.

  1. Tenha um conteúdo relevante

Forneça respostas para as dúvidas de seu público-alvo. Conteúdo bem-escrito e com informações de qualidade é um ótimo jeito de atrair a atenção da audiência. Um blog corporativo – como este que você está visitando agora – pode ser uma boa porta de entrada para que mais pessoas conheçam a sua marca.

  1. Escolha as palavras-chave certas

Digamos que você tenha um negócio de higienização de reservatórios. Ok, esse é o nome oficial do serviço, mas os leigos procurarão por “limpeza de caixa d’água” quando quiserem saber sobre o assunto. Adeque-se à linguagem popular para elevar as chances de aparecer nos resultados de busca.

  1. Atualize o protocolo de segurança

Sites com certificado SSL ou TLS são considerados mais seguros para a navegação, já que protegem os dados do usuário por meio de criptografia. O algoritmo do Google leva essa característica tão a sério que prioriza websites com o HTTPS. Se você está em dia com o protocolo de segurança, conseguirá um alcance orgânico melhor.

  1. Diminua a latência

O tempo médio de permanência no site também impacta o SEO. Além de ter um conteúdo relevante para fisgar o público, você deve reduzir a latência, isto é, a demora até a página abrir. Bastam três segundos de espera para que a maioria dos visitantes abandone o site – e uma taxa de rejeição alta prejudica o ranqueamento.

Nesse ponto, nossa dica é usar uma Rede de Distribuição de Conteúdo, ou CDN. A plataforma utiliza diversos data centers espalhados por pontos estratégicos do globo. Essa estrutura, com alto poder de transferência de dados, oferece muito mais velocidade que um servidor comum. O site permanece rápido e estável inclusive durante picos de acesso.

  1. Reforce o link building

Uma última dica para otimizar o alcance orgânico do site é explorar os links internos. Por exemplo, se três textos de seu blog contêm links para um mesmo post, o Google vai considerar que esse artigo é relevante. Em termos de SEO, isso significa posicionamento mais alto.

Gostou? Esperamos que as dicas de hoje tenham sido úteis. Se você curtiu o material e quer saber um pouco mais sobre CDN, não deixe de conferir outros textos aqui no nosso site. Até mais!

Comentário(s)